×
Compartilhar Inscreva-se

Tem cheiro de quê? Aprenda a identificar os sinais da carne estragada

Como saber quando a carne está estragada?

A carne está presente no cardápio diário da maioria dos brasileiros e mesmo com esse hábito de consumo muita gente ainda tem dúvidas para identificar os sinais da carne quando está estragada

É comum na correria do dia a dia comprar sem prestar muita atenção e chegar em casa, esquecer a carne na geladeira ou armazenar direto no freezer  para só se dar conta que tem algo estranho na hora do preparo. 

São milhões de casos de intoxicação alimentar, todos os anos, provocados pelo consumo de carne em mau estado de conservação. Saber identificar os sinais da carne imprópria para consumo pode evitar todas as consequências de uma intoxicação alimentar! 

Separamos algumas dicas para você identificar a qualidade da carne antes de comprar e na hora de consumir, e felizmente, é tudo sobre nossos sentidos: visão, tato, olfato e paladar!

Qual a aparência ideal da carne

Tudo começa no mercado. Na hora de escolher seu produto, a coloração pode nos dizer muita coisa! A carne de gado pode ter várias tonalidades de vermelho, como cereja ou púrpura. Quando ela é resfriada ou congelada, esse tom de vermelho fica um pouco mais apagado.

Existe muita variação da cor da carne: a carne dos bois mais novos é de um vermelho mais claro e vibrante, a do animal mais velho, mais escura.

Carnes embaladas à vácuo podem ter um tom um pouco mais escuro, e até azulado, devido à falta de oxigênio na embalagem.

Fuja das carnes quando seu tom é alaranjado, marrom ou esverdeado, ou quando parece manchada, com áreas escuras e outras claras. A coloração das carnes de aves varia, de um branco mármore, até branco um pouco amarelado. Quando estragada pode ficar um pouco esbranquiçada, mas não costuma ter grandes mudanças na coloração.

Carne de porco tem uma coloração cinza rosado, podendo variar, assim como a de outros animais, pela peça, temperatura, idade do animal e como foi criado.

O ponto da textura da carne estragada

Muitas vezes, a coloração apenas não consegue determinar o estado da carne, por isso, prestar atenção à textura do alimento é fundamental. 

Quando a carne está estragada, sua textura fica viscosa. Observe com atenção se estiver pegajosa, com uma consistência diferente, como se tivesse uma camada espessa em sua superfície. 

Isso é porque as bactérias já estão agindo no processo de decomposição e isso vale para todos os tipos de carne. 

Qual o cheiro de carne estragada?

Cada tipo de carne tem seu odor característico. Quando a carne passou do prazo de validade ou está estragada devido ao mau condicionamento do produto, ela tende a ter um cheiro mais forte do que o normal.

Nessa hora, precisamos permitir que nosso olfato nos guie. Se você sentir que o cheiro não é o de costume ou que esse cheiro provoca enjoo, ou qualquer estranheza, então o produto, provavelmente, não está bom para o consumo.

Atenção: carnes embaladas à vácuo costumam ter um cheiro mais forte quando abertas, porém ele não deve permanecer no alimento, caso você abra o produto e o cheiro forte e incômodo persistir, ele, provavelmente, está estragado.

Como é o gosto de carne estragada?

Muitas vezes deixamos passar algo enquanto verificamos nosso alimento ou até mesmo quando não temos acesso à proteína durante a preparação, comendo na casa de outras pessoas ou em restaurantes. É na hora de prová-lo que sentimos algo errado.

Nossos sentidos, por si só, possuem um discernimento do que é bom e do que não é.

Então, na hora de comer uma carne, seja ela qual for, se você sentir um gosto mais forte do que o habitual, ou até uma pequena estranheza na textura, pare por aí!

cta para youtube frigorífico arvoredo

Quanto tempo a carne estraga fora da geladeira?

Tanto as carnes, quanto demais produtos que necessitam de refrigeração não devem permanecer em temperatura ambiente por mais de duas horas. Essa é uma regra geral, pois esse tempo pode diminuir caso a carne esteja crua ou em ambientes mais quentes e úmidos. Apenas uma hora fora da geladeira já basta para a carne entrar em processo de decomposição. 

Mesmo a carne após o cozimento ainda está sujeita ao processo de contaminação, no entanto pode permanecer um pouco mais de tempo fora da geladeira em comparação à carne crua. 

Riscos para a saúde ao consumir

Febre, dor de cabeça, vômitos, azia e diarreia são os sintomas mais comuns em casos de intoxicação alimentar ou consumo de carnes impróprias. 

O consumo da carne estragada é muito prejudicial à saúde, principalmente para crianças e idosos, que têm o sistema imunológico fragilizado. 

Prestar atenção é a chave para uma alimentação saudável e de qualidade, e essa atenção deve ser voltada para todo o processo, desde o gado criado no campo até o freezer do mercado ou açougue. 

É nesse cuidado que você identifica o que serve ou não para sua vida e sua rotina.

Portanto, a alimentação de qualidade reflete em uma vida de qualidade e nenhum tempo gasto procurando informações sobre o que ingerimos é desperdiçado, pelo contrário, é tempo ganho!

Compartilhe

© Copyright • Frigorífico Arvoredo •
Política de privacidade • Dev by 2op