×
Compartilhar Inscreva-se

Receita de ossobuco na pressão

Como preparar o ossobuco

Carne de panela é uma das comidas mais gostosas que experimentamos, não é mesmo? Aquela carne que se desmancha, cheia de sabor, sem dúvidas faz a gente salivar.

Um dos cortes que pode proporcionar toda essa experiência quando preparado na panela é o ossobuco. Uma iguaria que encanta quem prepara e, principalmente, para quem degusta dessa delícia.

O termo “ossobuco” é italiano e significa “osso com buraco” ou “osso furado”, referindo-se à característica principal deste prato: a utilização de pedaços de carne com osso contendo um tufo de tutano no centro. O ossobuco é conhecido por sua textura macia e sabor rico, graças à carne que cozinha lentamente e absorve os sabores do molho. 

Vamos aprender mais sobre como fazer essa receita? Anote as dicas e bora pra cozinha! 

Ingredientes para o preparo 

Fazer ossobuco na panela de pressão é uma das melhores maneiras de preparar esse prato delicioso. 

Você vai precisar de:

  • 4 pedaços de ossobuco (aproximadamente 2 a 2,5 cm de espessura cada)
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 1 cebola grande picada
  • 2 cenouras, descascadas e cortadas em rodelas grossas
  • 3 dentes de alho, picados
  • 3 tomates picados
  • 1 xícara de vinho branco seco
  • 2 xícaras de caldo de carne (ou água quente com um cubo de caldo de carne dissolvido)
  • 2 folhas de louro
  • – 1 colher de chá de tomilho seco
  • Sal e pimenta a gosto
  • Manteiga ou óleo (para dourar)

Lembrete importante: os ingredientes que listamos aqui podem servir até 3 pessoas.

Como fazer ossobuco na pressão 

Com os ingredientes em mãos, é hora de iniciar o preparo do prato. Vamos lá!

Comece temperando os pedaços de ossobuco com sal e pimenta. Aqueça a panela de pressão em fogo médio e adicione o azeite. Quando o azeite estiver quente, adicione os pedaços de ossobuco e doure-os uniformemente de todos os lados. Isso ajuda a selar os sucos na carne e dará mais sabor ao prato. Depois, retire os pedaços de ossobuco da panela e reserve.

Na mesma panela de pressão, adicione a cebola, a cenoura e o alho. Refogue por alguns minutos até que os vegetais fiquem levemente caramelizados. Coloque os pedaços de ossobuco novamente na panela e adicione os tomates picados, o vinho branco, o caldo de carne, as folhas de louro e o tomilho seco. Misture bem.

Feche a panela e leve-a à pressão em fogo médio-alto. Assim que a pressão for atingida, reduza o fogo para o mínimo e cozinhe por cerca de 30 a 40 minutos. Após o tempo de cozimento, desligue o fogo e deixe a pressão sair naturalmente antes de abrir a panela.

Verifique o cozimento da carne. Os pedaços de ossobuco devem estar macios e a carne deve se soltar facilmente do osso. Se necessário, você pode cozinhá-los por mais alguns minutos, sem pressão, até atingir o ponto desejado.

Retire os pedaços de ossobuco da panela e reserve-os em um prato aquecido. Fique atento: se o molho estiver muito líquido, você pode reduzi-lo em fogo médio até que adquira a consistência desejada.

Para finalizar, sirva os pedaços de ossobuco com o molho por cima, acompanhados de risoto, polenta ou purê de batatas. Se quiser, polvilhe com um pouco de salsa fresca picada antes de servir, se desejar.

4 acompanhamentos para o prato

Após aprender a como fazer ossobuco, é o momento de ter algumas opções de acompanhamento para este prato, que vão dar ainda mais sabor para a sua refeição. Acredite: com eles, o ossobuco na pressão vai criar uma experiência incrível para o seu paladar!

1. Polenta cremosa

Um prato originalmente italiano como o ossobuco na pressão pede um acompanhamento da mesma origem, certo? A polenta cremosa é uma ótima pedida. 

Os ingredientes que são utilizados no preparo são 1 xícara de fubá; 4 xícaras de água; 1 colher de chá de sal; 2 colheres de sopa de manteiga para dar cremosidade; e queijo parmesão ralado. 

Em uma panela grande, misture o fubá com 1 xícara de água para criar uma pasta lisa e homogênea. Isso ajuda a evitar a formação de grumos quando você adicionar o restante da água. Em uma panela separada, leve as 3 xícaras restantes de água para ferver. Adicione o sal a gosto.

Assim que a água estiver fervendo, despeje-a lentamente sobre a mistura de fubá enquanto mexe constantemente. Use um fouet ou uma colher de pau para evitar que a polenta grude no fundo da panela e forme grumos.

Reduza o fogo para médio-baixo e continue cozinhando a polenta, mexendo frequentemente. À medida que a polenta cozinha, ela vai engrossar e se tornar cremosa. Isso geralmente leva de 20 a 30 minutos. 

Quando a polenta atingir a consistência desejada (ela deve estar macia e cremosa), adicione a manteiga e o queijo parmesão ralado, se estiver usando. Mexa até que a manteiga derreta e o queijo se misture bem.

Aí, é só servir com o ossobuco e se deliciar!

2. Risoto de Açafrão

O risoto de açafrão, também conhecido como “risotto alla milanese”, é um prato italiano clássico conhecido por sua cor amarela vibrante e sabor delicado.

Para fazer essa receita, separe:

  • 1 1/2 xícaras de arroz arbóreo
  • 4 xícaras de caldo de galinha ou caldo de legumes
  • 1 cebola média picada
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • 2 colheres de sopa de azeite de oliva
  • 1/2 xícara de vinho branco seco
  • 1 colher de chá de açafrão em pó ou fios de açafrão
  • 1/2 xícara de queijo parmesão ralado
  • Sal e pimenta a gosto

Comece aquecendo o caldo (caldo de galinha ou caldo de legumes) em uma panela em fogo baixo. Em outra panela grande, adicione a manteiga e o azeite de oliva e aqueça em fogo médio. Adicione a cebola picada e refogue até que fique macia e translúcida.

Adicione o arroz arbóreo à panela com a cebola refogada. Cozinhe por cerca de 1-2 minutos, mexendo constantemente, até que o arroz esteja bem revestido com a gordura. Despeje o vinho branco sobre o arroz e mexa até que seja absorvido. Adicione o açafrão em pó diretamente à panela. Ele dará ao risoto sua cor característica e um sabor único.

Comece a adicionar o caldo quente, uma concha de cada vez, mexendo constantemente e esperando que o líquido seja absorvido antes de adicionar mais. Continue esse processo até que o arroz esteja cozido al dente.

Quando o risoto estiver pronto, retire do fogo. Adicione o queijo parmesão ralado e misture bem. Tempere com sal e pimenta a gosto. 

3. Purê de batatas

Um acompanhamento versátil que combina bem com uma variedade de pratos: esse é o purê de batatas. Com um ossobuco na pressão, ele ganha ainda mais sabor. Confira!

  • 4 a 6 batatas médias descascadas e cortadas em cubos
  • 4 colheres de sopa de manteiga
  • 1/2 a 1 xícara de leite aquecido
  • Sal e pimenta a gosto

Coloque as batatas em uma panela grande e cubra-as com água fria. Adicione uma pitada de sal à água. Leve a panela ao fogo médio-alto e deixe as batatas cozinharem até ficarem macias. Isso geralmente leva de 15 a 20 minutos após a água começar a ferver. Para verificar se as batatas estão prontas, espete um cubo com um garfo; ele deve perfurá-las facilmente.

Em uma panela pequena, aqueça o leite até que fique quente, mas não fervente. Isso pode ser feito no fogão ou no micro-ondas.

Coloque as batatas escorridas à panela e adicione a manteiga. Comece a amassar as batatas com um espremedor de batatas ou um amassador de batatas. Isso ajudará a obter uma textura mais uniforme.

Aos poucos, adicione o leite quente às batatas amassadas, sempre mexendo, até que o purê alcance a consistência desejada. Tempere o purê com sal e pimenta a gosto. Sirva o purê de batata imediatamente, quente, como acompanhamento para ossobuco na pressão.

4. Nhoque de batata

Como uma opção super prática e igualmente deliciosa, o nhoque de batatas vai deixar seu ossobuco na pressão com um toque muito especial. 

4 batatas médias, 1 ovo, de 1 1/2 a 2 xícaras de farinha de trigo (e um pouco extra para polvilhar) e sal a gosto são os ingredientes necessários para fazer esse acompanhamento. 

Assim como o purê de batatas, comece cozinhando as batatas: descasque-as e corte-as em pedaços menores para que cozinhem mais rapidamente. Coloque-as em uma panela com água fria e uma pitada de sal. Leve a panela ao fogo e deixe cozinhar até que as batatas fiquem macias quando perfuradas com um garfo.

Escorra as batatas cozidas e passe-as por um espremedor de batatas ou amasse-as até obter um purê liso. Deixe o purê de batata esfriar um pouco, mas ele ainda deve estar morno.

Em uma superfície limpa e polvilhada com farinha, coloque o purê de batata. Faça um buraco no meio do purê e quebre o ovo. Adicione uma pitada de sal.

Comece a incorporar a farinha de trigo, aos poucos, ao purê e ao ovo. Amasse a massa até que ela comece a se juntar e não grude nas mãos. A quantidade exata de farinha pode variar, dependendo do teor de umidade das batatas, portanto, vá adicionando a farinha aos poucos até atingir a consistência desejada.

Divida a massa em pequenas porções e role cada porção em uma corda com cerca de 1,5 cm de espessura. Corte a corda de massa em pedaços de cerca de 2 cm de comprimento. 

Para cozinhar os nhoques, leve uma panela grande de água salgada para ferver. Adicione os nhoques à água fervente, evitando que se amontoem. Cozinhe até que os nhoques subam à superfície da água, o que geralmente leva apenas alguns minutos. Isso significa que estão prontos.

Usando uma escumadeira, retire os nhoques cozidos da água e coloque-os diretamente em um prato. Pronto, agora, é só servir com o molho de ossobuco e com a carne também!

Apesar de ser um corte de músculo bovino, o ossobuco na pressão ganha muito sabor quando preparado corretamente. E, ao adicionar um bom acompanhamento, o sabor fica ainda melhor. 

Seja com as dicas que trouxemos aqui ou com outras que você quiser experimentar, salve essa receita e faça o preparo para desfrutar momentos maravilhosos regados a muito sabor. Ah, e não esqueça de contar com nossos produtos para deixar tudo ainda mais gostoso, combinado?

Até a próxima!

Compartilhe

© Copyright • Frigorífico Arvoredo •
Política de privacidade • Dev by 2op