×
Compartilhar Inscreva-se

Azia: orientações gerais e dicas para evitar desconfortos

A famosa azia faz parte da vida de muitas pessoas que convivem com este probleminha sem saber suas causas e nem mesmo, como evitar ou tratar este grande incômodo.

Nada incomoda mais depois de um super almoço no domingo do que aquela queimação no estômago, não é mesmo? A famosa azia faz parte da vida de muitas pessoas que convivem com este probleminha sem saber suas causas e nem mesmo, como evitar ou tratar este grande incômodo.

Por mais inofensivo que pareça ser, alguns problemas estomacais são reflexos de hábitos ruins que vão drenando a sua saúde e se expondo através de pequenos sinais. Por isso, é válido dar atenção a todas as mostras que o seu corpo dá, sendo recorrente ou não, fique atento.

Falando mais especificamente sobre a azia, ela nada mais é do que uma falha no processo digestivo, onde a válvula que faz a ligação entre estômago e esôfago deixa de funcionar direito e se abre mais vezes do que o esperado, resultando no retorno de suco gástrico.

Causas recorrentes e costumes de risco

O afrouxamento do esfíncter esofágico, a válvula que gera a azia, pode ocorrer por diversas ações que ferem o nosso organismo, como o excesso de peso, a prisão de ventre ou exageros alimentares. Todos estes devido à pressão excedente no estômago.

Outro fator que também favorece o desenvolvimento deste incômodo é a ingestão de nutrientes fortes e de difícil processamento, como os presentes em alimentos apimentados ou gordurosos, embutidos, frituras e bebidas que contém cafeína.

Quanto aos costumes, encontramos dois grandes vilões já conhecidos da saúde, que no caso da azia, potencializam ainda mais os problemas: o álcool e o cigarro.

O primeiro, irrita o sistema digestivo, estimula a produção de ácido e relaxa a válvula do esôfago. Já o segundo, diminui a proteção da mucosa do estômago e gera grandes chateações.

Como evitar

Como se viu até aqui, as grandes causas são provenientes de maus comportamentos em relação ao nosso corpo, portanto, a principal dica para evitar a azia é mudar os hábitos alimentares.

Sabemos que aquele suculento churrasco com carnes Arvoredo é irresistível, porém, evite excessos, coma o necessário para lhe satisfazer. Ao invés de exagerar tudo de uma vez, faça outro no dia seguinte e se delicie novamente.

Também é muito importante evitar ao máximo aqueles alimentos e bebidas citados como potencializadores, bem como se alimentar de 3 em 3 horas! Quando passamos muito tempo sem comer algo, o estômago tende a produzir mais suco gástrico e, caso encontre uma dessas substâncias prejudiciais, pode fazer tudo voltar ao esôfago.

Dicas caseiras para aliviar o desconforto

Se a queimação e todos aqueles inconvenientes gerados pela azia forem recorrentes, não pense duas vezes, procure um médico. Com certeza não é normal! Porém, caso tenha cometido algum dos deslizes citados anteriormente e surgiu este probleminha, temos algumas dicas caseiras que podem resolver.

#1 Maçã ou banana

Estas frutas são ricas em antiácidos naturais e podem contribuir bastante para aliviar a queimação. Escolha uma das duas e coma ao menos duas vezes no dia em questão.

#2 Chá de gengibre

O gengibre é um alimento que combate irritações e inflamações pelo corpo, sendo assim, a ingestão de seu chá é muito indicada para eliminar o refluxo e também a azia. Mas cuidado para não exagerar na quantidade de fatias, seu sabor é bastante exótico.

#3 Amêndoas

Essa oleaginosa é muito nutritiva e possui agentes que acalmam irritações. Logo que notar os sintomas clássicos da azia, ingira 4 amêndoas e deixe-as agir. Entretanto, cuidado com exageros!

#4 Suco de aloe vera

Pouco conhecido, o suco de aloe vera é muito eficaz no tratamento de irritações da pele, corpo e sistema digestivo. A extração direta da folha deve ser ingerida em pequenas quantidades.

Compartilhe

© Copyright • Frigorífico Arvoredo •
Política de privacidade • Dev by 2op